sexta-feira, 21 de novembro de 2008


Clube dos 5 – a aula

Pra variar, sinto que ninguém entendeu o que eu pretendia nas minhas aulas. Assim como sempre tive a certeza que meus trabalhos eram completos absurdos.
Agora pergunto o que vocês acharam do filme “Clube dos 5”?
Será que surgiram idéias das diferenças? Que cada um é completamente diferente do outro? Que devemos respeitar e até mesmo admirar o “diferente”?
De quem mais gostaram? Posso apostar que foi do Bender. John Bender o doido, arruaceiro, que enfrentava o diretor, mas era um cara sofrido e carente. Ou então da princesa mimada cheia de frescuras? Eu particularmente me identifico com a Allison, a estranha.
Mas lembrem-se de que no final somos um “cérebro, um atleta, um caso perdido, uma princesa e o marginal”.
Certo!

Ass: O clube dos 5
19/11/2008

3 comentários:

Rodrigo disse...

Seu Tito sempre com seu negativismo patológico sobre suas aulas, realmente acredita não ser entendido?
Algo muda, por menor que seja, por impossível que se veja. A imagem é distorcida aos pucos, em fragmentos conceituais. Tornando pessoas, ensinando a ser humano, por pior que a realidade seja.

Seu TiTo disse...

Gostei do "negativismo patológico", hehehe
Fantástico... é isso mesmo!!!

korigli disse...

olha professor eu acho que eu sou um pouquinho de cada personagem... sabe como é né, tenho meus momentos!
professor adorei a aula que vc passou esse filme e adoooro os filme que vc passa pq todo mundo acha que é filme de sessão da tarde mais são muuuuuuito bons!
i love you teacher!
vc é o melhor professor do mundo

obs: não esquece que a gente ainda tem que te clonar pra vender por ai!