terça-feira, 18 de novembro de 2008

Com quem estou falando?

Com quem estou falando?



Não importa a sua história, importa o que se é. Não me venha com esse papinho de “sabe com quem esta falando”, sei, com o verdadeiro idiota. Fraco, que se apega a um poder ilusório. Que poder é esse meu irmão, você vai para o mesmo buraco que o seu espoliado mais direto.
Que importa se sua família é a tal, se você for um lixo, qual a diferença! Sei que para você dinheiro é tudo, mas procure não ser, você é tudo, não o dinheiro.
Saiba que o seu comportamento para com o próximo é o maior termômetro da sua grandeza, e não o dinheiro. Com este é fácil ser querido, é claro que falsamente. Agora vai ser bom sem dinheiro no bolso.
E olhe que coisa, não é que justamente onde não se tem no bolso o vil metal, se encontra a bondade. Saiba que bondade e grande ética, encontram-se principalmente entre estes, os desvalidos. Seus valores são outros. Os valores são outros quando a única coisa que se tem é a palavra.
É paradoxal, no lugar onde se espera o rancor, o sofrimento e o desamor, encontramos justamente seu contrário, o grande amor, a grande fraternidade. Enquanto isso, nos grandes palácios de cristal a criança chora e a mãe não vê. E essa, é a história que você deseja realmente para você.


TiTo Igatha
03/2001

Um comentário:

Edinan disse...

Barba ruiva era corinthiano???